Passarinho

 

passaro

Sou um pássaro que canta
sem ninguém a ouvir
O meu canto é sincero,
só aos ecos a servir.

Sobrevoo o céu infinito,
Pairo sobre um poço raso,
Que curioso ao longe fito,
De pequenez tenho descaso.

Antes ser livre que afundar
E minhas asas encharcadas
Me impedirem de voar,
Num lamaçal afundadas.

Existe quem conheça a canção,
Que seja como eu passarinho:
Pulse no ritmo do meu coração!
E nunca mais estar sozinho…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: